[email protected] (11) 4411-1542

Últimas Notícias

Acompanhe as melhores e principais notícias sobre criptomoedas no Brasil e no mundo.

Melhor corretora de Bitcoin chega ao Brasil com método de locação de bitcoin

O CEO da Bittrend, Ramon Alves, afirma que as criptomoedas, em geral, são ativos totalmente passíveis para locação igual aluguel de um casa



Aluguel de Ação, também conhecido como BTC, funciona como uma via de mão dupla. De um lado, um doador empresta suas ações e em troca recebe uma taxa. Do outro, um tomador usa essas ações para operar e, no final do período definido devolve o que tomou emprestado, pagando a taxa combinada. Você investe em Aluguel de Ações pela nossa Mesa de Operações ou falando com um dos nossos assessores. Para quem empresta a ação, recomendamos os perfis moderados, dinâmicos e arrojados. Já para quem pega a ação emprestada, são recomendados os perfis dinâmicos e arrojados. Vantagens Aluguel de Ações é uma maneira de buscar maiores retornos e de diversificar seus investimentos em uma relação onde todos podem lucrar: O doador rentabiliza ações que estariam paradas em sua custódia O tomador tem acesso a ações diversificadas para operar com mais liberdade

“Bitcoin não vai atrair pessoas sem conta em banco”, diz CEO do Mastercard

O CEO da Mastercard, Ajay Banga, afirma que as criptomoedas, em geral, não ajudam na inclusão de indivíduos sem conta bancária em sistemas de pagamento e bancos. No entanto, a empresa está longe de ignorar totalmente as moedas digitais.



O que o CEO da MasterCard falhou em delinear, no entanto, é a natureza resistente à censura das criptomoedas descentralizadas, bem como as barreiras inexistentes à entrada. Ou seja, qualquer pessoa com acesso à internet pode fazer parte da rede sem ter que passar por procedimentos demorados e, em muitos casos, impossíveis de cadastramento para abrir uma simples conta bancária, por exemplo. Além disso, uma vez que eles se tornam parte dela, não há uma autoridade central que possa ‘desligá-lo’, independentemente de sua situação econômica ou localização atual. No entanto, há mérito em suas palavras, porque alguns dos desafios inerentes permanecem. Por exemplo, as pessoas precisam de um conhecimento relativamente alto de tecnologia e um computador funcional e conexão à Internet para se tornarem parte da rede do Bitcoin – algo que muitos cidadãos em países do terceiro mundo simplesmente não têm. Apesar da opinião do CEO, a MasterCard está a caminho de adotar moedas digitais há algum tempo. A empresa fez parceria com a processadora de pagamentos Wirex, sediada no Reino Unido, para expandir seu programa de criptos e ajudar na “adoção e criação de experiências inovadoras no espaço das criptomoedas”.

Melhor da Semana: A maior transação de Bitcoin, R$ 100 milhões nos fundos cripto brasileiros e as pirâmides de BTC de ontem e hoje

O que de melhor aconteceu nesta semana nos mercados de criptomoedas e blockchain, no Brasil e no mundo.



Esta foi mais uma semana de continuação para o rali do Bitcoin, que anotou uma nova máxima em 2020 ao bater nos US$ 13.800 na quarta-feira. A maior criptomoeda mantém uma alta consistente desde o começo de outubro, e já vem em alta há quatro semanas. No Brasil, o dólar voltou a disparar e a alta do Bitcoin tem feito com que a moeda anote novas máximas históricas a cada dia. Nesta sexta-feira, chegamos aos R$ 78.736, novo recorde da moeda no país segundo o Cointelegraph Markets. Com o BTC em alta, a notícia mais lida do Cointelegraph nesta semana foi uma transação impressionante de 88.857 Bitcoins avaliados em US$ 1,14 bilhão - a maior transação em dólar da história das criptomoedas. O otimismo do Bitcoin, porém, não tem conseguido levar as altcoins a uma nova altseason. Apesar do recorde anual ter puxado uma alta em todo o mercado cripto, as maiores moedas como o Ether, o Litecoin e o XRP seguem presos em uma faixa de negociação, assim como os mercados DeFi, que ainda não estão recuperados da correção de setembro.

Abra sua conta hoje com a AgilsPay

Abrir Conta